Instrutor Dinamérico Fernandes – 6º DAN

Dinamérico Fernandes nasceu em 11 de abril de 1957, vive em Sintra e é empresário.
É instrutor da Associação Portuguesa de Karate Shukokai.
Dinamérico conheceu o Karate pelos filmes do Bruce Lee nos anos 70. No dia 1 de maio de 1973, logo a seguir a ter feito 16 anos (então idade mínima obrigatória para se poder praticar Karate), fez a sua inscrição numa escola de Karate Shotokan em Lisboa com o Mestre Luís Cunha.
Mais tarde, em 1975, numa escola na Amadora perto do local onde vivia, foi quando começou a treinar Karate Shukokai, com o Mestre Elmano Caleiro e, em 1976, com o Shihan Marcelo Azevedo.
O primeiro momento mais marcante e memorável foi em 1976, quando representou a Seleção de Shukokai em Faro no primeiro campeonato nacional inter-estilos.
O Karate para si é um modo de vida! “Quando aprendemos Karate não aprendemos só socos e pontapés. Na vida vamos ter muitas desilusões, vamos cair muitas vezes e a arte marcial ensina-nos que ficar no chão não é opção e temos de nos levantar e ir à luta.”
O seu objetivo é continuar a ensinar e a ajudar o mais possível a família Shukokai e o Karate em geral.
Para Dinamérico a importância de ser instrutor passa por ver os resultados do ensino, considerando ser algo fantástico. Transformar crianças tímidas em campeões no Karate e na vida é qualquer coisa indiscritível. A sua maior dificuldade é lidar com pessoas adultas mal formadas.
Dinamérico leciona no Dojo Samurai e, em relação ao seu grupo, refere que tem um grupo fantástico, tanto de karatecas como de familiares. Estão sempre prontos para ajudar.
Na década de 90, treinou com o Mestre Joaquim Costa nas instalações da igreja de Rio de Mouro, até que este decidiu acabar com a modalidade. Nessa altura resolveu continuar e durante cerca de três anos treinaram em vários locais, até que no ano 2000 abriram, no local onde se encontram hoje, a escola que veio a chamar-se Dojo Samurai. Isto foi conseguido com a ajuda publicitária e marketing de Irlando Lélis, Tiago Alcobia e José Gomes (familiares de alunos karatekas), conseguindo-se elevar o dojo a patamares nunca antes atingidos, tanto em quantidade de alunos como em qualidade. “Além do Karate marcial que sempre nos caracterizou, passámos também a obter excelentes resultados desportivos”.
Descreve o seu grupo como FANTÁSTICO!
Carismático e dotado de uma enorme energia, Dinamérico tem sido uma das forças motrizes da APKS ao longo dos anos, contribuindo de forma determinante para a evolução e crescimento do Shukokai Nacional.
Extremamente versátil e empenhado, sempre foi grande entusiasta da competição, alcançando muitos lugares de pódio ao longo dos anos enquanto competidor, quer na APKS quer na Kimura Shukokai International (Organização Mundial do Karate Shukokai desenvolvido por SOKE Shigeru Kimura), com algumas classificações internacionais.
Tem sido responsável por formar campeões e “transformar” vidas através do Karate e da sua enorme experiência no ensino da Arte do Shukokai, liderando um dos maiores Dojos nacionais.
Considera que as iniciativas da APKS são bastantes e que muito está a ser feito, sendo uma delas a partilha de conhecimentos de ensino entre os instrutores!
Considera muito positiva a Campanha dos Family Supporters, pois procura trazer para os Dojos e para a própria APKS o apoio e participação dos familiares dos praticantes, conseguindo com isso uma maior sinergia entre todos os elementos necessários ao sucesso da modalidade (instrutores, praticantes e familiares).
“Na minha opinião esta campanha não poderia ser melhor promovida e realizada, estando à frente dela o Presidente Luís Brás Rodrigues que é a pessoa certa.”, comenta com assertividade.
Para Dinamérico Fernandes, o #karatefazbem porque “é uma modalidade que exercita tanto o corpo como o espírito”!
E diz que o #karatefazfalta porque “é um escape dos stresses do dia a dia, ajuda-nos a manter o corpo em forma e a mente aberta e disponível.”

Nenhum comentário

O autor não autorizou comentários deste artigo